• Professor Rohit Gheyi receberá premiação de treinador ICPC 2017
    Professor Rohit Gheyi
    O professor Rohit Gheyi (UASC/CEEI/UFCG) receberá o prêmio de treinador ICPC 2017 por levar cinco equipes para finais da Association for Computing Machinery (ACM) International Collegiate Programming Contest (ICPC), competição anual de programação entre universidades de todo o mundo.
    A premiação será realizada no dia 22 de maio na cerimônia de abertura da final mundial da competição, que acontecerá em Rapid City, nos Estados Unidos.  Gheyi é o quarto treinador brasileiro a ser agraciado com essa premiação. Anteriormente, apenas treinadores do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), em 2012; da Universidade de São Paulo (USP), em 2015; e da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), em 2016, receberam esta premiação.
    “Eu fiquei muito feliz com a notícia. O trabalho em equipe - dedicação dos alunos e voluntários, da administração da Unidade Acadêmica de Ciência da Computação, do Centro de Engenharia Elétrica e Informática e da UFCG, funcionários, professores, colaboradores - tem sido muito importante para as conquistas da instituição nas competições de programação”, ressalta.
    (Fonte: Gloriquele Mendes - Ascom/UFCG)
    Postado em 24 de mar de 2017 04:49 por Assessoria de Comunicação do CEEI
  • Aluna da UFCG foi brasileira melhor colocada no Google Code Jam para Mulheres
    A aluna Letícia Maia, do curso de Ciência da Computação da Universidade Federal de Campina Grande (UASC/CEEI/UFCG), foi a brasileira melhor colocada na etapa online do Google Code Jam to I/O for Women 2017, realizada no último dia 11. Letícia ficou na 61ª posição na classificação geral e, como resultado da ótima colocação, vai participar da etapa final do Google I/O 2017, que ocorrerá entre os dias 17 e 19 de maio em Mountain View, nos EUA.
    O Google Code Jam, considerado um dos maiores desafios mundiais de programação, é um torneio anual entre programadores em que os competidores resolvem desafios, com complexidade crescente, envolvendo algoritmos, durante um tempo predefinido.
    Letícia já se destacava na área de programação desde o Ensino Fundamental, quando participou de várias edições da Olimpíada Paraibana de Informática”, informa o professor Rohit Gheyi, coordenador do projeto olímpico da UFCG, que se declarou bastante contente com o resultado, “principalmente pelo fato de ser uma menina se destacando num universo predominantemente masculino”, observou.
    A aluna, que está cursando o 8º período na UFCG, estudou durante um ano na Universidade da Califórnia, em Berkeley, nos EUA, por meio do programa Ciência sem Fronteiras. Já ganhou diversas medalhas em competições estaduais e nacionais de programação, a exemplo das medalhas de bronze na Olimpíada Brasileira de Informática (OBI) em 2007 e 2008, e várias medalhas de ouro e prata na Olimpíada Paraibana de Informática (OPI), entre 2012 e 2016.

    Fonte: Kennyo Alex - Ascom/UFCG - 17/03/2017
    Postado em 20 de mar de 2017 04:55 por Assessoria de Comunicação do CEEI
Exibindo postagens 1 - 2 de 340. Exibir mais »


QUEM SOMOS:

Originário do CCT, Centro de Tecnologia da UFCG, o CEEI – Centro de Engenharia Elétrica e Informática, foi criado em Junho de 2005, trazendo em sua formação duas Unidades Acadêmicas; DEE – Departamento de Engenharia Elétrica e o DSC – Departamento de Sistemas e Computação. Surgindo com todo pensamento positivo e tendo por objetivo principal manter a qualidade já existente e criar novos cursos, dentro das linhas acadêmicas da Engenharia Elétrica e Informática.

O CEEI atualmente conta com excelentes índices de desempenho, premiado por empresas como a Editora Abril, que em sua avaliação nos coloca ao longo de cinco anos consecutivos como um dos melhores cursos do país. Mantendo parceria com empresas como: CEAL, WEG, KELLOW, SMS, BRASYMPE, GEBRA, CELPE, ENERGISA, PETROBRAS, NOKIA, MOTOROLA, ELETROBRÁS, HP, CHESF, MOURA, COELBA, FINEP, SIMENS, FORD, ITAIPU, TERMOPERNAMBUCO E SAMSUNG.

RECURSOS HUMANOS

O CEEI conta atualmente com 51 servidores e um excelente quadro de docentes, contando com 17 Mestres, 72 Doutores, num total de 89 docentes, com sua maioria de pós-graduação feita em países como: Inglaterra, Canadá, Austrália, França, mantendo até os dias atuais vínculos e intercambio de conhecimento e profissionalização.

GRADUAÇÃO

Com uma estrutura física de boa qualidade, composta de 30 laboratórios: 17 em ENGENHARIA ELÉTRICA, com competências de formação: Eletrotécnica, Eletrônica, Controle e Automação e Telecomunicações.

CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO, 13 laboratórios totalmente equipados para obtenção do conhecimento.

Atualmente o centro tem em suas duas unidades acadêmicas nos dois cursos 1.497 alunos, sendo que 976 em Engenharia Elétrica e 521 em Ciências da Computação, ampliando as suas vagas há cada ano, tem formado até os dias atuais um total de 2.859, já atuando no mercado de trabalho.

PÓS-GRADUAÇÃO

Com o objetivo de profissionalizar e aperfeiçoar a graduação, o centro possui programas de pós-graduação nas duas unidades acadêmicas em nível de Mestrado e Doutorado. Tendo como destaque a pós-graduação de Engenharia Elétrica, único da região norte e nordeste com conceito 6 da Capes na área de tecnologia. Formando e qualificando até hoje um total de: 970 mestres e 198 doutores, sendo 478 mestres e 183 doutores em Engenharia Elétrica e 492 mestres e 15 doutores em Ciência da Computação.   


Unidades Suplementares
Virtus Video de apresentação da Virtus
Unidade EMBRAPII CEEI-UFCG


Departamentos
Links