25 empresas querem produzir tablets no Brasil. Queda no preço pode ser de 40%

postado em 14 de set de 2011 11:03 por Carlos Leão   [ atualizado em 14 de set de 2011 11:10 por Rodrigo Silva ]

Durante a reunião na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), do Senado, realizada na tarde da última terça-feira (13/9), o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Aloizio Mercadante, informou que 25 empresas já se credenciaram para fabricar tablets no Brasil, utilizando os incentivos fiscais oferecidos pelo governo federal. Na prática, elas precisam utilizar parte dos componentes produzidos no país para ter a isenção do PIS e Cofins.

Mercadante informou ainda que seis empresas já começaram a comercializar os primeiros tablets fabricados em território brasileiro, com isenção de impostos. "Até o final do ano, teremos uma enxurrada de produtos, opções, com uma queda de 30% a 40% nos preços para o consumidor", enfatizou o ministro.

Ainda durante a mesma reunião, foi informado que a fábrica da Foxconn, em Jundiaí (SP), está pronta para ser inaugurada e deve iniciar em breve a produção dos iPads, da Apple, os quais devem chegar ao mercado em dezembro deste ano.

Fonte : Olhar Digital (Com informações do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação)