Desafios a serem enfrentados pelos novos alunos de Engenharia Elétrica

postado em 22 de mai de 2017 08:05 por Rodrigo Silva
Mário Araújo
Mário Araújo Filho
Coordenador do Curso de Engenharia Elétrica/UFCG






Prezados estudantes que acabam de iniciar seu Curso de Engenharia Elétrica:
Ontem, fiquei imaginando que tipo de mensagem deveria dirigir a vocês, novos alunos do Curso de Engenharia Elétrica, recém-chegados ao ambiente da Universidade e que iniciam o período 2017.1.
Já nos encontramos por duas vezes nas salas de “Introdução à Engenharia Elétrica”, disciplina que fica tradicionalmente a cargo do Coordenador do Curso, e não gostaria de ser repetitivo. Que mensagem nova poderia e deveria transmitir a vocês nesse momento?
Ontem à tarde, participamos, juntamente com o nosso Diretor, professor José Sérgio, da solenidade de colação de grau das turmas concluintes do período 2016.2. Esses concluintes, em número de 216, eram de cursos vinculados a três Centros: o de Engenharia Elétrica e Informática – o CEEI, do Centro de Ciências e Tecnologia (CCT) e do Centro de Tecnologia e Recursos Naturais (CTRN). Outros 104 graduandos desses Centros já haviam colado grau antecipadamente, totalizando 320 formandos. Na ocasião, foram graduados pelo Curso de Engenharia Elétrica um total de 32 engenheiros eletricistas, afora outros 36 que já haviam colado grau em semanas anteriores à cerimônia formal, totalizando 68 graduados, um recorde na Engenharia Elétrica da UFCG.
Destaco aqui a conquista, por dois graduandos em Engenharia Elétrica, do 1º e 2º lugar do Prêmio Hattori, que homenageia os concluintes de melhor desempenho acadêmico do Centro de Engenharia Elétrica e Informática. Os estudantes Arthur Francisco Andrade e Arthur Cruz de Araújo alcançaram, respectivamente, um CRA (coeficiente de rendimento acadêmico) de 9,12 e 8,96, respectivamente.
A colação de grau é um evento exatamente simétrico a este, de recepção aos estudantes que chegam à Universidade.
Lá, no Auditório do Centro de Convenções, deu-se a cerimônia que marca o ato formal de saída da universidade, devidamente graduados, com seus certificados de conclusão, de dezenas de concluintes dos cursos de graduação das áreas de tecnologia e ciências exatas da UFCG em Campina Grande.
Era o coroamento de anos e anos de estudos, de esforços, de dedicação e de sacrifícios, pela conquista do diploma universitário que os habilita a atuar no mercado de trabalho.
Um evento festivo, de muita alegria para os graduandos e suas famílias, mas, sobretudo, carregado de responsabilidade para aqueles que irão enfrentar os desafios da sua profissão, contribuindo para o desenvolvimento econômico e social do País e para o progresso da sociedade brasileira.
Aqui, a chegada dos novos alunos de Engenharia Elétrica, também um evento pleno de alegria pelo ingresso na universidade, mas também carregado de responsabilidade pelos desafios que se colocam a todos, na condição de estudantes que aqui estão em busca de conhecimento.

Em busca do conhecimento necessário ao profissional do futuro, de uma formação de qualidade que os habilite, ao final de uma jornada de vários anos, a atuar com competência e compromisso social em um mercado de trabalho extremamente competitivo e que exige sólida formação dos que nele pretendam atuar com sucesso.
Uma atuação profissional, além disso, que seja orientada pela Ética, valor tão escasso hoje em nosso País, seja no campo político-administrativo, seja na atividade empresarial.
O orador representante dos concluintes 2016.2, em seu pronunciamento, destacou a alegria da ocasião, mas também o privilégio dos que ali estavam colando grau, lembrando o alto percentual de jovens que ainda não têm acesso à formação universitária, apesar do significativo crescimento da oferta de vagas ocorrido nos últimos anos. E destacou a responsabilidade de todos no exercício da sua profissão, como contrapartida à oportunidade recebida de acesso à educação superior.
Vocês, novos alunos, estão diante de uma página em branco, onde poderão – em que pesem todas as dificuldades e obstáculos – escrever sua melhor trajetória, desenhar o seu currículo e ser construtores da sua própria história.
Vocês adquiriram, por mérito, a condição de aqui estar, matriculados em um Curso de mais de 50 anos de existência, reconhecido nacionalmente, e que hoje se situa entre os cursos de Eng. Elétrica melhor avaliados do País.
A vida acadêmica vai exigir dedicação, empenho, responsabilidade e ética no cumprimento dos deveres de estudante. Mas também se constitui no tempo-espaço da interação, do companheirismo e da amizade, desenvolvidos ao longo de anos de convivência em comum, e que vocês recordarão ao longo das suas vidas.
Finalmente, parabenizo ao Centro Acadêmico de Engenharia Elétrica por essa iniciativa e deixo para reflexão duas mensagens.
A primeira, de Thomas Alva Edison, inventor e cientista, empresário americano, a quem se deve a patente da lâmpada elétrica incandescente: Disse Edison: “Talento é 1% inspiração e 99% transpiração”. E com isso ele quis, evidentemente, destacar a importância do trabalho para as realizações efetivas.
A segunda mensagem, um provérbio chinês que diz: “Os professores abrem a porta, mas você precisa entrar sozinho” – situando bem o papel do docente, e salientando o objetivo final do processo educativo, que é a conquista da autonomia dos que são objeto dele.
Bem-vindos ao Curso de Engenharia Elétrica! Muito obrigado!
Campina Grande, 18 de maio de 2017
*Mário de Sousa Araújo Filho é Coordenador do Curso de Graduação em Engenharia Elétrica da UFCG
(SAUDAÇÃO AOS CALOUROS DE ENGENHARIA ELÉTRICA NO EVENTO DE RECEPÇÃO AOS NOVOS ALUNOS, DO PERÍODO 2017.1)

As afirmações e conceitos emitidos em artigos assinados são de absoluta responsabilidade dos seus autores, não expressando necessariamente a opinião da instituição.
Comments